segunda-feira, 23 de maio de 2011

A JOANINHA DESOBEDIENTE

A JOANINHA DESOBEDIENTE
Era uma vez uma joaninha muito teimosa e desobediente, ela adorava fazer coisas perigosas. E a mamãe sempre dizia:
- cuidado minha filha você vai se machucar.
E ela nem ai para a mamãe. Um dia ao passar perto de um rio ficou olhando os peixinhos e resolveu dar um mergulho, mas esqueceu que não sabia nadar e a mamãe sempre dizia:
- não chegue perto do rio.
Desobedecendo a sua mãe pulou na água, e começou a se debater pedindo socorro.
- socorro!!!!!!!!!!!! Socorrooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!! Estou me afogando
Os peixinhos ficaram assustados e nadaram para bem longe. Não tinha ninguém para ajudá-la. Mas o sapo que cantava ali por perto foi ver de quem eram os gritos. Ao chegar perto viu a pequena Joaninha. Pulou imediatamente na vitória régia e com sua língua pegou a Joaninha. Saiu da água e a colocou no chão, dando um sermão nela.
- nunca te disseram para não chegar perto do rio, que é perigoso, uma vez que não sabe nadar.
A mãe que chegou na hora ouviu e disse que lhe avisara do perigo várias vezes dando lhe outro sermão:
- menina desobediente, quantas vezes te falei para não chegar perto do rio, vá para casa, pois você está de castigo.
A Joaninha obedeceu à mamãe e foi para casa. Assim o sapo salvou a pequena Joaninha e esta aprendeu a lição “Obedecer à mamãe e os mais velhos sempre.”
 Autora: Rosi Plaster

Nenhum comentário:

Postar um comentário